Crónicas do Fidalgo

Pessoas

A Tua Crónica: "Para quando um Óscar para os duplos?” por David Chan Cordeiro

O Óscar é o mais conceituado e cobiçado prémio cinematográfico cuja origem remonta a 1929. Todos os anos são galardoados os melhores profissionais do audiovisual: melhor realização, melhor caracterização, melhor guarda-roupa, melhor cinematografia… Mas porque é que não existe um Óscar para os duplos de cinema?

Isto é um debate que dura há décadas e que deu recentemente azo ao movimento #StandUpForStunts.

Desde 1991 que o conceituado coordenador de duplos Jack Gill (Fast & Furious 7, Venom, A Ressaca 3) tem vindo a peticionar junto dos responsáveis da Academia para que seja atribuído um prémio a estes profissionais de risco.

O coordenador de duplos Jack Gill tem vindo a peticionar junto dos responsáveis da Academia para que seja atribuído um prémio a estes profissionais de risco.

Este movimento já conta com o apoio de “pesos pesados” de renome tais como Steven Spielberg, James Cameron, Arnold Schwarzenegger, Martin Scorcese e Tom Cruise, entre muitos outros. Ainda assim os esforços de Jack, juntamente com os de centenas de duplos, continuam a ser ignorados pela Academia.

Os argumentos que reinam contra a criação desta categoria variam, mas sendo o principal: “A emissão televisiva da cerimónia já é por si longa e a Academia não tem interesse em adicionar mais um prémio.”

Este argumento já foi refutado, uma vez que os duplos não procuram reconhecimento televisivo. Caso desconheçam, existe uma segunda cerimónia de Óscares, que decorre duas semanas antes do evento principal, de nome Sci-Tech Awards. Neste evento são premiados os feitos técnicos que contribuíram para a evolução do cinema. Foi proposto que o Óscar seja incluído nesses prémios e, para variar, o pedido foi recusado.

Como forma de reconhecer o trabalho arriscado a que os duplos e coordenadores se submetem, em 2001 surgiu o Taurus World Stunt Awards, considerado o Óscar dos duplos. Este evento foca-se exclusivamente aos profissionais do mundo dos duplos assim como aos actores de acção.

Taurus Stunt Awards

Taurus Stunt Awards

Jeffrey Mayer - Getty Images

Felizmente, com os passar dos anos, este movimento foi ganhando mais tracção em Hollywood e em 2007 os SAG (Screen Actors Guild) Awards introduziram uma categoria que premeia a melhor equipa (ensemble) de duplos e mais tarde, em 2013, os prémios televisivos Emmys também passaram a reconhecer estes profissionais.

Já imaginaram como seriam os filmes da Marvel, Star Wars e tantos outros sem a presença destes profissionais? Acho que está na altura de reconhecermos aqueles que arriscam as suas vidas para nos trazer as acções mais mirabolantes com o seu merecido Óscar.

Se estiverem interessados em apoiar esta causa, visitem a página abaixo e assinem a petição online, que já conta com mais de 97 mil assinaturas.

Stand Up For Stunts! They Deserve An Academy Award, Too!

Aproveito para vos convidar a ver este vídeo, intitulado "Why Stunt People Don't Get Oscars".

Jose Pinto Ribeiro

ID

David Chan Cordeiro 37 anos - Coordenador de duplos e duplo de cinema.
Licenciado pela California State University of Long Beach em realização e produção de Cinema, em 2007.
Fundador da equipa profissional de duplos Mad Stunts.
Os seus recentes projectos incluem: "Parque Mayer”, "Vidas Opostas (SIC), "Teorias da Conspiração" (RTP), "Valor da Vida (TVI)".