Crónicas do Fidalgo

Pessoas

A tua crónica: "Ser Mulher no Mundo das Motos" por Patrícia Basílio

A minha paixão pelas motos começou muito cedo, um pouco influenciada pelas histórias de viagens e aventuras vividas pelo meu pai. Comecei a andar sobre duas rodas nos anos 90, naquele tempo era muito raro ver-se uma rapariga numa moto, muito menos numa DT 50, algo que me trouxe alguma popularidade por Matosinhos e arredores. Algumas pessoas davam-me os parabéns e incentivavam-me, outras faziam olhares estranhos, teciam comentários depreciativos ou faziam piadinhas. Pessoas que duvidavam da minha capacidade para conduzir a moto. Passados todos estes anos, a minha paixão tem crescido, é um hobby emocionante e desafiador.

Tenho viajado por aí, em Junho de 2015 fui ao Wheels and Waves em Biarritz na minha Kawasaki W650, em Agosto de 2016 aluguei uma BMW Sertão e dei a volta à ilha de Palma de Maiorca. Nos últimos dois anos tenho feito vários passeios pelo País, descobrindo tesouros escondidos do nosso Portugal. Este ano tenciono viajar na minha Harley 883 até Inglaterra com as minhas amigas e parceiras de viagem, Ana Efe e Marina Oliveira.

Ainda existem preconceitos associados à mulher motard, dado que por vezes lhe é atribuída uma conotação sexual, a qual eu desprezo. Infelizmente, pode ser um ambiente desconfortável para o universo feminino.
Precisamos de embaixadoras do motociclismo! Desta necessidade surgiu o Projeto BACKBONE BABES fundado e formado pela Ana Efe, Marina Oliveira e por mim.
Ser Backbone Babe é celebrar em boa companhia esta paixão. Juntas, acredito que podemos contribuir para haver mais protagonismo feminino neste mundo, anular desigualdades de género e incentivar outras mulheres a serem motociclistas.
Somos mulheres e não estamos predestinadas a ocupar o banco de trás de uma moto.

De onde surge o nome? 
Surge de uma palavra da gíria americana.
Backbone no universo motociclista americano refere-se à parte de cima do quadro da mota, mais exactamente aos frames dos tubos que suportam o depósito da gasolina. A espinha dorsal!!

BackBone Babes surge da camaradagem, da amizade, da verdade, do respeito e da firmeza de carácter de três mulheres, que vivem e celebram juntas a paixão por trilhar a estrada de moto.
Um elo forte e íntegro construído através da experiência de quem o faz desde muito cedo e partilha experiências, aventuras e vontade de apoiar todas as mulheres motociclistas!

Acreditamos que conduzir, fazer passeios e viagens com amigas/os, não tem preço! 
O maior valor está em podermos ligar-nos a outras pessoas, pela sua diferença e força, e isso nunca nos podem roubar.

O nosso lema? 
STAY WILD, NEVER LET THEM TAKE YOU THAT!

Aproveito para dizer que Dia 26 de Janeiro completamos um ano de existência enquanto Backbone Babes, e gostaríamos de o celebrar convosco!!

Iremos dar uma volta até à aldeia de Quintandona, que pertence à freguesia de Lagares, Penafiel. 
Envolta numa paisagem bucólica, esta aldeia de granito, xisto e lousa é marcada por uma personalidade muito própria. 
De volta ao Porto, temos encontro marcado no "Chef Tapioca" onde ficaremos para jantar!
Venham daí connosco!!

PROGRAMA:

PASSEIO À QUINTANDONA, PENAFIEL - 
14h
Local de Encontro: Praça Velasquez (Praça Dr. Francisco Sá Carneiro).
JANTAR
- CHEF TAPIOCA (Av. Marechal Gomes da Costa 218, junto ao Deutsche Bank).

Para mais informações, é só clicar aqui.

Sigam-nos!

ID Patrícia Basílio

Formada em Design Industrial pela ESAD e pela FEUP. Foi no ensino que encontrou a sua vocação. Movida por essa paixão, mudou-se para a ilha da Madeira em 2002, onde fez uma profissionalização via ensino e aí viveu e leccionou seis anos.
Actualmente é Professora de Artes Visuais do 3º Ciclo e Secundário na Escola Pública e no Ensino Privado, e sócia proprietária de uma lavandaria self-service, “7 Clean”, situada na Rua Miguel Bombarda, no Porto.