Crónicas do Fidalgo

Pessoas

Entrevista a… Renato Godinho

Aqui temos a primeira conversa de uma série que quero dedicar ao meu actual projecto: “Alma e Coração”.

Renato Godinho é o João Macedo na novela e abre as hostes para nos falar da sua personagem!

João é o irmão de Rodrigo Macedo (a minha personagem) e, em conjunto com a actriz Mariana Pacheco (Carmo), Margarida Carpinteiro (a avó Jacinta), o actor Manuel Cavaco (avô Nestor) e a actriz Manuela Couto (a mãe Adelaide), completa a Família Macedo.

Mas voltemos ao Renato Godinho.

Já nos tínhamos cruzado nos bastidores ao longo destes anos nos vários trabalhos em que estivemos envolvidos, mas ainda não tínhamos contracenado nem estado no mesmo projecto.

Sem conhecê-lo de todo, foi uma pessoa por quem senti, quase no imediato, uma boa energia. Foi como uma conexão entre irmãos que se sentiu na hora.

O Renato é muito divertido, com uma forma natural de animar quem está à sua volta, um homem inteligente e culto. É sabedor da sua profissão e um conversador nato. Os mais velhos gostam de falar com ele, trocar umas ideias, como é o caso do actor Manuel Cavaco. Muito bom vê-los falar, discutir, rir… Rirmo-nos, melhor dizendo!

Vejo o Renato como alguém já muito experiente e com muito trabalho de actor em cima. Muito seguro de si ao expôr a sua opinião. Ele foi um motor de arranque fulcral na descoberta da minha personagem.

Ter esta relação de irmão com ele, já tão consistente, ajudou imenso a situar-me no tempo e no espaço, bem como na relação com as outras personagens.

No tempo porque assumir uma relação de irmãos na idade que temos, enquanto actores e num contexto de novela, em que tudo acontece muito rápido, não é fácil. E aqui, a química de que falei mais em cima foi preciosa.

No espaço, porque somos duas personalidades diferentes na postura perante a vida e na relação com os outros. Eu, um homem da rádio, despretensioso, meio cabeça no ar, um enamorado da vida e ele, João, um cirurgião plástico, mais pragmático dando valor às coisas reais, que o fazem feliz.

Mas apesar desta diferenças, criaram um mundo só deles. Onde mostram o seu estado mais puro. As suas vontades e desejos mais naturais. O todo-o-terreno e, mais propriamente, as bajas! (Podem ver aqui o significado de “bajas”).

Criarem um mundo à parte, um mundo só deles.

Contraditório?

Sim.

Inverosímil?

Não.

Nós, seres humanos, vestimos diariamente uma persona e ao longo da vida acreditamos que somos mesmo essa pessoa.

E, sem nos apercebermos, os tais hobbies ou o que queriam chamar, dão forma ao outro lado que gostamos de ser.

Confuso?

Sim.

E então?

Entrevista a Renato Godinho

Nome da personagem em “Alma e Coração”

  • João Macedo

Quem é o João Macedo nesta história?

  • O João é um homem angustiado pela identidade não assumida. É um homossexual que, sob pressão da mãe, vai casar com a mulher por quem o irmão é apaixonado! Sendo o irmão o mestre de cerimónias deste fórum!

Tendo em conta que saíste de um projecto para outro, não dando aquele tempo que por vezes achamos essencial para nos afastarmos de uma personagem e nos entregarmos à próxima, como foi esse processo de criar o João? Ou não achaste complicada esta transição?

  • A natureza das personagens é de tal maneira diferente que a semana que me deram para descansar chegou para mudar o “chip”. O facto de os ensaios terem acontecido ainda durante as gravações de “Vidas Opostas” foi mais complicado.

Por último, tens alguma frase que possa definir o João?

  • “Se pudesse escolher não ser homossexual, escolhia.”