Crónicas do Fidalgo

Motores

Clássicos do futuro

Não é segredo para ninguém, sou um amante de duas rodas e de todo o estilo de vida à volta desta paixão.

E também tenho um fraquinho por motas clássicas, ou por aquelas que se tornarão clássicas muito em breve - e que, por isso, são um óptimo investimento! Seleccionei cinco:

1. Suzuki GSX1100 Katana

Nos anos 80, época em que foi criada, a GSX1100 Katana apresentava um design disruptivo. Existem várias versões, com o mesmo estilo, mesmo nome, mas a 1100 não deixa de ser a original e, por isso, a mais especial!

2. Ducati 900 Supersport

A 900 Supersport da Ducati vai tornar-se um clássico não tarda nada! E tendo em conta que foi recentemente lançado um novo modelo da Supersport, as atenções estão voltadas para os modelos anteriores e para a sua história, o que fará com que o seu valor aumente!

3. BMW R 80 G/S

Este modelo de 81 é talvez o melhor cartão de visita - e uma das motas mais vendidas do mundo - da sua série. Muitos dos seus proprietários valorizam o percurso deste modelo, que tem tudo para ser uma todo-o-terreno. O valor de um dos primeiros modelos mais do que duplicou, nos últimos anos, e especialistas acreditam que vai aumentar muito mais.

4. Kawasaki ZXR 750R

A versão R da ZXR até pode não ter sido uma das mais rápidas da sua época. Ainda assim, é uma das melhoras versões desportivas de 750 cc. A versão de competição é a que apresenta melhores hipóteses de valorização, quando comparada com outros modelos da série. Especialistas apontam para que o valor desta mota aumenta cerca de 210% na próxima década!

5. Yamaha XTZ 600 Ténéré

Uma mota todo-o-terreno clássica, com uma história fantástica. Os modelos da Ténéré 600 em que vale a pena investir são os que foram produzidos entre 1984 e 1988, com os pára-lamas altos e as cores típicas da fabricante para esta altura: branco e vermelho ou branco, azul e amarelo!

Desse lado, têm mais sugestões? A partilha de ideias é bem-vinda!