Crónicas do Fidalgo

Experiências

Tatuagens, adopção e amor: o que é que têm em comum?

Todos nós conhecemos alguém - ou ouvimos falar de amigos, de amigos de amigos - que num momento de puro arrojo ou irreflexão decidiram tatuar o nome do/a namorado/a no corpo. Namorado/a esse/a que acabou por se tornar em "ex".

Se essas pessoas forem verdadeiros amantes dos nossos amigos de quatro patas, há esperança! Este artigo é, precisamente, para os que gostam de se inspirar em gestos bonitos que reconfortam o coração. No fundo, é um bocadinho para todos nós.

A Ogilvy Brasil criou para a rede brasileira de lojas de animais Petz a campanha "Ame de Novo", com o objectivo de incentivar a adopção de animais abandonados. E o que é que isso tem a ver com tatuagens com o nome de ex-namorados/as, perguntam vocês?

A Petz e a Ogilvy aliaram-se aos tatuadores da Tattoo You, um estúdio de tatuagens em São Paulo, e procuraram por pessoas que queriam encontrar um profissional que apagasse o nome do seu ex.

Quando o amor acaba, o que é que fica? Segundo os clientes, fica a decepção e a perda de significado.

Eis que foi adoptada a melhor estratégia possível: dar um novo amor aos seus clientes. Um amor de quatro patas que nunca os irá decepcionar e que tem exactamente o mesmo nome que o seu/sua ex!As reações são impagáveis, tal como podem comprovar neste vídeo:

Esta ideia surgiu precisamente de uma outra conclusão da experiência dos tatuadores: eles nunca conheceram ninguém que lhes pedisse para apagar o nome de um animal de estimação. E vocês, conhecem? Eu não!

Há amores que não morrem, mesmo que um dia deixem de estar perto de nós. Este é um deles!