Crónicas do Fidalgo

Closet

Gosta de andar descalço?

E se lhe dissesse que existem uns sapatos amigos do ambiente, made in Portugal que, por cada par vendido, vai corresponder a uma árvore plantada nas zonas devastadas pelos incêndios de 2017 (em parceria com a Reflorestar Portugal)?


Chamam-se Mukishoes e estão à procura de financiamento na plataforma de crowdfunding Indiegogo.

Os sapatos, criados pela marca portuguesa homónima que foi fundada este ano, têm um desenho e material que proporciona uma sensação semelhante à de andarmos descalços. O desenho consiste numa sola fina, flexível, plana e com a biqueira larga, de forma a respeitar a forma natural do pé.

Cânhamo, algodão e linho são alguns dos materiais que fazem parte da sua composição. A marca procura recorrer, tanto quanto possível, a produtos cultivados de forma biológica, em Portugal ou noutro território europeu, bem como a produtos orgânicos e reciclados. O objectivo é que a produção tenha o menor impacto possível na natureza. A sola, por exemplo, é feita de borracha natural e reciclada e é a única componente do sapato em que é utilizada cola. Os tecidos são tingidos de acordo com os certificados GOTS (norma global de têxteis orgânicos), sem pigmentos de organismos GM (geneticamente modificados) e através de processos que implicam a utilização de menores quantidades de água.

Ao P3 as designers responsáveis pela marca - a portuguesa Marta Dias e a alemã Madlen Pinto - explicaram que criaram este calçado ao fim de dois anos de desenvolvimento.

Ainda faltam alguns dias para que a campanha no Indiegogo termine, mas enquanto que as criadoras contavam angariar 18 mil euros para a produção dos sapatos, o objectivo já foi ultrapassado: reuniram mais de 22 mil euros.

Os projectos nobres merecem ser divulgados. Com o orgulho acrescido de "falarem" português.

Saibam mais sobre a Mukishoes aqui em baixo: